Pode ser uma palavra complicada ou diferente para quem vê de fora, mas essa é uma métrica necessária para o bom funcionamento da área de recursos humanos. Ele é responsável por importantes indicadores de desempenho da equipe, dessa maneira auxilia no andamento da empresa e evita contratempos.

Mas afinal, o que é Turnover?

Esse indicativo mensura a rotatividade de funcionários na empresa, aqueles que entram e saem do quadro de colaboradores, resumindo, é o controle que a empresa tem sobre contratações e demissões dentro da organização.

A utilização dessa ferramenta apresenta avaliações importantes ao setor de RH, como informativos sobre problemas na seleção de colaboradores, clima organizacional, desafeto, entregando também oportunidades de melhoramentos dentro da organização.

Essa maior rotação de colaboradores na empresa prejudica diretamente no orçamento da corporação, uma vez que esses processos geram gastos com processos admissionais, custos com demissões, treinamentos e anúncios de vagas.

Levando também em consideração um grande fluxo de rotatividade de colaboradores na empresa afeta diretamente o clima organizacional, pois trabalhadores desmotivados costumam compartilhar suas insatisfações e novos contratados necessitam de atenção maior de seus colegas. Alterando o fluxo e a rotina de funcionamento das atividades desenvolvidas.

O controle e análise desse método auxilia ao profissional de RH em como proceder em novas contratações, assim como entrega a oportunidade de encontrar possíveis descontentamentos ou falhas na gerência interna.

Quais são os tipos de turnover?

  • Turnover voluntário: O colaborador decide sair por vontade própria.
    Turnover involuntário:  Quando a empresa decide demitir um colaborador
    Turnover funcional: Acontece quando um colaborador que está apresentando resultados insatisfatórios ou outros tipos de problemas que podem estar impactando negativamente a empresa opta por deixar a organização.
  • Turnover disfuncional:  Esse tipo é bastante desfavorável, pois nele um colaborador de alto desempenho decide deixar a empresa.

Como realizar o calculo de turnover?

Para calcular a taxa de rotatividade de funcionários, é necessário considerar o número de funcionários contratados + o número de funcionários que foram demitidos, dividir pelo número total e multiplicar por 100.

Exemplo:

Dentro de um período de 30 dias houve 4 demissões, 8 contratações e o quadro de funcionários da empresa é formado por 30 profissionais.

O calculo deve ser realizado da seguinte forma:

X = (demissões + contratações) / 2

X = (4 + 8)/2

X = 6

taxa de turnover = (X / nº de colaboradores) x 100

taxa de turnover = (6/30) x 100

taxa de turnover = 0,02 x 100

taxa de turnover = 20%

Já pensou em utilizar um sistema onde lhe entrega um relatório completo de turnover?
No sistema da Iopoint você encontra essas informações automatizadas, facilitando o processo de calculo e diminuindo seu retrabalho.

O que achou desse assunto? Fique por dentro de todas as novidades e atualizações nos seguindo nas redes sociais.

Até a próxima! 💙😀

Compartilhe este post

Facebook
Twitter
LinkedIn

Posts relacionados

face id
Ponto eletrônico

Reconhecimento facial, como funciona?

O reconhecimento facial é uma categoria de segurança biométrica. Esse sistema pode ser usado para identificar pessoas em fotos, vídeos e em tempo real, dependendo de sua finalidade.

Ponto eletrônico

A importância de um bom atendimento ao cliente

Suporte não se trata apenas de resolver o problema, mas sim de se colocar no lugar do consumidor, sentir suas dores, dificuldades e mostrar que ele é a peça mais importante para o seu negócio.

Ponto eletrônico

Controle de ponto para trabalhadores domésticos!

Sindicato das empregadas domésticas O sindicato das empregadas domésticas é a associação responsável por defender os direitos profissionais e os interesses da classe. Para iniciar